Como é a minha rotina matinal para começar o dia com foco total

Você já sentou pra trabalhar de manhã e ao invés de começar a trabalhar de fato passou um tempo checando mensagens, olhando o facebook, twitter, pinterest e quando foi ver, já está no meio da manhã e você ainda não realizou nada?

natalia-rosin-rotina-matinal
foto gentilmente cedida por gratisography

Grande parte da minha vida profissional foi assim. Eu só começava a render no meio da manhã, o que me dava 1 a 2 horas pra realizar alguma tarefa importante até o almoço, e eu tinha que correr atrás do prejuízo no final do dia, se não quisesse que o trabalho ficasse por fazer.

Mas desde que eu comecei a criar uma estrutura de rotina, eu não fico mais perdida quando tenho que começar meu dia de trabalho. Facilita MUITO a vida!

Só pra você ter uma ideia, essa é a minha rotina matinal ideal, com alguns hábitos que me ajudam a começar o dia com o pé direito:

  • Ler a Bíblia. Geralmente levo 10 minutos na leitura.
  • Escrever no diário. Não leva mais de 20 minutos. Escrevi sobre isso aqui e aqui.
  • Orar.
  • Tomar café da manhã com a família. É um dos meus momentos favoritos da manhã. :)
  • Ajudar minha filha a se arrumar pra escola.
  • Tendo uma brecha de tempo, geralmente checo minhas mensagens e redes sociais. Se não, procuro fazer isso só na parte da tarde, a não ser que precise fazer antes.
  • Levar minha filha à escola a pé. Meu segundo momento favorito da manhã. :D Além de me divertir e adorar sair com ela, o que por si só já é perfeito pra mim, ainda ganho outros benefícios: Sair logo de manhã, ainda mais com sol, ajuda a regular o corpo sobre quando é dia ou noite, ajudando no sono à noite. Me vestir, mesmo pra trabalhar em casa, também me ajuda a entrar no modo on de trabalho.
  • Garantir que tenha uma garrafa d’água cheia na mesa. Eu sou preguiçosa pra tomar água, então se não tiver uma garrafa cheia, eu não vou parar o que estou fazendo pra encher um copo na cozinha.
  • Às vezes ter algum snack saudável à mão para não precisar tomar a decisão do que comer quando estou com fome, o que quase sempre leva a escolher por besteirinhas. Aqui no final desse post eu divido a minha escolha favorita de lanchinho.
  • Usar óleos essenciais. De alecrim ou hortelã pimenta ou laranja doce. Eu mantenho um aromatizador sempre no escritório e esses óleos ajudam muito na concentração. Sou viciada. ;)
  • Meditar antes de começar a tarefa do dia. Não é sempre que consigo fazer isso logo pela manhã (ainda estou em processo de firmar esse hábito antes de começar a trabalhar). Mas quando eu estou diante de uma tarefa grande, é essencial. Me ajuda muito parar alguns minutos antes e meditar.
  • Ligar uma música instrumental, plugar o fone de ouvido e começar a trabalhar de fato. Uso o focus@will, que é maravilhoso, mas também playlists no Spotify (procure por “focus” e encontre a que mais te agrada).

Parece muita coisa quando descrevo assim em lista, mas na verdade não é. A maioria das etapas não leva mais que 5 minutos, quando muito.

Você pode pensar que ter essa estrutura mata a sua criatividade, e que você não gosta de se sentir preso a rotinas. Mas por que eu acho importante ter essa estrutura?

1) Porque me libera para tomar decisões nas coisas que são realmente importantes.

Quando eu “gasto” meu poder de decisão com coisas corriqueiras como “vou trocar de roupa agora ou depois?”, “vou ler um livro assim que acordar ou vou tomar café logo?”, isso diminui a minha capacidade de tomar decisões importantes do meu dia.

Então é ao contrário: Me libera pra ser mais criativa e “gastar meu cérebro” nas coisas que são realmente importantes.

Se todo dia eu tiver que decidir o que quero fazer no início de cada dia, eu já estou gastando minha força de vontade e poder de decisão que poderia ser usado melhor em outras coisas.

2) Porque não preciso de disciplina no início do dia.

Geralmente o início do dia é, para a maioria das pessoas, o momento que parece mais arrastado e onde é mais difícil de ser ágil e produtivo, né?

Depois que você cria o hábito de seguir esse ritual, você parece uma pessoa disciplinada. Quando na verdade não precisa de grande força de vontade para ser disciplinado depois que você adquire o hábito.

Hábito torna fácil tudo que aquilo no início parece difícil. Você passa a fazer tudo sem pensar muito, quase sem esforço.

Aqui vale uma observação: Se você acha que seu problema é sentir muito sono de manhã, talvez você tenha que reavaliar seu ritual noturno, antes de dormir.

Talvez você tenha que dormir mais cedo, pra ter as horas de sono necessárias. O problema pode não ser a sua incapacidade de render de manhã, pode ser que você não está se ajudando quando dorme pouco.

3) Porque eu quero garantir que eu comece com gás total na minha tarefa mais importante do dia.

Trabalhar em homeoffice pode ser uma benção mas também uma maldição, com as mil distrações e flexibilidade de horário que trabalhar de casa me apresenta.

Então eu já quero eliminar qualquer possível dificuldade futura me colocando num estado ótimo.

Imprevistos podem acontecer, mas eu quero garantir que o que está sob o meu controle – o meu estado de espírito – tenha sido preparado.

Espero que ao terminar de ler esse texto, você saia tentado a experimentar uma rotina matinal consistente que trabalhe a seu favor!

E o mais importante, eu quero que você saiba que um ritual diário para começar com gás e com foco no trabalho mais importante não acontece simplesmente. Ele deve ser criado dia após dia de forma intencional.

Comece pequeno.

Pergunta: Você tem uma rotina matinal? Como você começa o seu dia?

  • Carolina Vasconcelos

    Natália! Bom dia! ADOREI o post! Tenho uma rotina bem puxada, com horários fixos que me exige disciplina, por conta do cansaço as vezes fico checando mensagens e redes sociais e atrapalhando meu rendimento. Gostei muito muito muito da dica do focus@will. Já experimentei, agora pela manhã durante a elaboração do meu planejamento da semana, e foi ótimo. Ajuda mesmo a focar e organizar as tarefas sem dispersão.
    Meditar é algo que exige um certo esforço até ser inserido na rotina (como tudo, na verdade) mas vale muito a pena.
    Bem, passei para agradecer a dica.
    Um abraço