Clareza só vem com ação

Eu sou o tipo de pessoa (em recuperação) que, se deixar, planeja, planeja, avalia, pesquisa, planeja, e no final das contas acaba ficando paralisada. Isso acaba me fazendo adiar muito do que eu quero fazer. Se eu não tomar cuidado, eu fico presa nesse ciclo e não parto pra ação tão cedo.

Clareza só vem com ação, Natália Rosin
foto cortesia de pixabay/splitshire

E sabe quando isso geralmente acontece? Quando eu não tenho muito claro o caminho que devo seguir.

Mas mesmo que você não seja uma pessoa de análise, você também pode se encontrar na mesma situação: onde você não coloca seus planos pra frente porque não sabe se é exatamente isso que você deveria fazer.

E isso é um motivo muito nobre: Você não tem clareza. E afinal, ter clareza é essencial para você alcançar seus objetivos.

É normal ter vontade de fazer algo de valor para o mundo, mas não saber exatamente o que você quer. Eu passei por isso, e posso te dizer que o que tem me ajudado é começar a agir, me colocar em movimento, mesmo sem saber se era exatamente nessa direção que eu deveria estar indo.

“Não devemos esperar pela inspiração para começar qualquer coisa. A ação sempre gera inspiração. A inspiração quase nunca gera ação.” Frank Tibolt

  • Você não sabe se deve escrever um livro ou não. Comece a escrever, no processo você vai descobrir se gosta de escrever, ou se o assunto que você quer abordar toma a forma que você esperava.
  • Você não sabe se deve sair de um emprego corporativo para ser empreendedor. Comece a trabalhar no seu negócio nas horas vagas, assim você pode sentir como é ser seu próprio chefe e empregado.
  • Você não sabe se a melhor opção agora é criar primeiro um blog, um podcast ou um canal no youtube. Escolha uma das opções e comece a executar. Por exemplo, você escolhe podcast. Então grave suas ideias em áudio, disponibilize para o seu público por algumas semanas e analise a resposta. Você pode ter achado o canal perfeito para falar com o seu público ou pode descobrir que não é o melhor, e assim partir pra outra opção. Mas é algo que você só descobre colocando em ação, pensar sobre isso não vai te dar a resposta.
  • Você é apaixonado por 2 áreas diferentes e não sabe em qual delas cria o seu negócio. Escolha (tire no par ou ímpar se for o caso!) e comece a trabalhar em uma das áreas. No processo você vai descobrir se tem mesmo paixão, habilidade e competência para trabalhar com aquilo ou não.

Claro que pra algumas coisas, esse conselho não funciona, como por exemplo ter um filho agora ou não. Não dá pra ter um filho para ver se seria a coisa certa porque você não pode devolvê-lo depois, né? Mas para coisas como as que eu citei acima, dá sim, tá? :D

No final das contas, você vai perceber que aquela “falta de clareza” era apenas uma desculpa que você mesmo arranjou por causa do medo de começar algo diferente.

“Se você é o tipo de pessoa que está esperando pela coisa ‘certa’ acontecer, você pode esperar por um longo tempo. É como esperar que todos os semáforos estejam abertos por 8 km antes de começar a viagem.” Robert Kiyosaki

Na dúvida, escolha uma opção e comece a trabalhar na direção dela. Você sempre pode mudar de direção, mesmo depois de ter começado. Comece a fazer um pouquinho, uma pequena ação, a cada dia para alcançar esse objetivo.

É nesse processo que você vai ganhar clareza.


dicas-achar-paixao-natalia-rosin-rodape-post-3

 

  • Rafaela Ferreira

    Naty, você me descreveu! Eu sou uma pessoa que me preocupo mais com o processo… em pesquisar… analisar… E na hora de por em prática, já até perdi o interesse no assunto. E concordo… so começando a trilha o caminho é que de fato podemos saber se vale a pena continuar ou não =) Estou amando o novo format do blog… mas amava o antigo tb, Beijos

    • Obrigada, Rafaela! :)
      É difícil mesmo executar antes de ter todas as respostas que a gente quer, mas com a prática isso vai ficando mais fácil.

  • Tania Maniero

    Natália, já tinha ouvido algo bem parecido da Melodia Moreno. Vc descreve um pouco mais o processo, e é isso que tenho feito. Ainda sinto-me meio atabalhoada, mas tenho tido alguns retornos e não tenho dúvida de que meupropósito surgirá ao longo desse trajeto. Parabéns pelo post e obrigada por compartilhar :)

    • Tania, é isso aí. Nem sempre é fácil e muito menos a resposta aparece preto no branco na nossa frente, mas com certeza você vai saber ler as pistas que vai recebendo ao longo do caminho.

  • Denise Siloto de Araujo

    Oi Nati, seu post chegou em boa hora. Sinto-me “empacada” por não decidir que caminho seguir… bora começar a fazer… :)

  • Viviane Mesquita

    Me sinto muito assim, esperando tudo ficar em ordem para poder tentar algo novo. E me questiono se realmente preciso fazer esse novo projeto. Sair da zona de conforto me parece difícil mas necessário.

    • É necessário se você quer crescer, Viviane! Que você comece a fazer antes mesmo de estar tudo em ordem. :)
      Obrigada pelo comentário!

  • Ana Carolina Montezuma

    Ótimo tema. Bem linkado com o artigo do medo. Essas coisas que nos bloqueiam… Medo da incerteza… Medo do fracasso… No entanto, como defende a velha máxima “Toda mudança começa com uma ação”.

  • Rosanne Garcia

    natalia vc é tao eu!!!!