Porque reclamar é injusto com os outros (e com você)

Você já ouviu (e falou) reclamações como estas ou parecidas?

  • “Nossa, hoje estou tão cansado…”
  • “Não tô aguentando o calor que está hoje.”
  • “Tá tudo péssimo no trabalho. Já te falei que eu odeio meu emprego?”
  • “Lá em casa tá muito ruim, não tenho tempo pra nada porque minha família me suga.”
  • “Odeio esse trânsito!”


natalia-rosin-reclamarfoto cortesia de pixabay/RyanMcGuire

Tem gente que não passa um dia sem reclamar pelo menos uma vez né?

Continue lendo

Por que você levanta da cama de manhã?

Houve uma época em que era muito difícil eu sair da cama de manhã. Eu enrolava, apertava o soneca do alarme 10 vezes, e quando não dava mais, saía da cama me arrastando.

natalia-rosin-porque-levantar
foto cortesia por pixabay/RyanMcGuire

Meu marido que, quando casamos, fez uma promessa fofa de fazer café preto pra mim toda manhã (ele não gostava e mesmo assim fazia todos os dias pra mim – sim, eu tenho o melhor marido do mundo <3), já estava com uma caneca de café enorme pronta pra mim.

Eu sentava no sofá e tomava aquela caneca, sem conversar com ninguém, até o café fazer efeito e eu conseguir me arrastar até a mesa pra aí sim comer meu café da manhã, arrumar a Cecília para escola, me arrumar para o trabalho e sairmos juntos de casa.

E assim eu vivi por alguns anos.

Por que eu levantava da cama de manhã?

Continue lendo

Como manter a esperança quando tudo dá errado

Poucas semanas depois de tomar uma decisão importante e empolgante, parece que tudo começou a dar errado. Tudo. Desde o computador que deu pau 3 vezes em menos de 10 dias, filha doente, até pegar chuva na rua sem guarda-chuva e ter que ser resgatada de carro pelo marido. E muita coisa no meio disso aí, parecia que todo dia tinha alguma zica acontecendo.

Como manter a esperança quando tudo dá errado, Natália Rosin
foto cortesia de pixabay/PDPics

Eu gostaria de dizer que nada disso foi algo que me deixou pra baixo por mais que alguns minutos. Que foram mais tropeções no meio do caminho que me fizeram parar, reclamar da pedra que me fez tropeçar e recomeçar a andar devagar até retomar o ritmo que eu estava antes. Sim, foi um pouco, mas eu também desanimei e perdi minha motivação cada vez que eu vi uma barreira.

Continue lendo

A Importância da Revisão Semanal

Hoje em dia, parece que estamos cada vez mais reconhecendo a importância de estar no controle das nossas vidas, mas isso não quer dizer que estejamos colocando isso em prática de verdade.

natalia-rosin-revisao-semanal
foto cortesia de pixabay/startupstockphotos

Talvez por não saber por onde começar, a maioria das pessoas vive nesse ciclo reativo de encarar o dia-a-dia. Alguém que vive nesse modo reativo não faz o que quer e o que devia estar fazendo. Ele faz o que os outros querem.

Mas então como sair desse ciclo e começar a viver uma vida de forma proativa, no controle das suas ações e sem estresse com a rotina?

Continue lendo

4 Passos Simples para Fazer a sua Lista de Tarefas Funcionar

Há algumas semanas, escrevi  o post Porque as suas listas de tarefas não funcionam e muita gente compartilhou as dificuldades que enfrenta com suas listas de tarefas. Algumas pessoas perguntaram como eu organizo e processo minhas tarefas, então resolvi escrever um resumão falando como eu faço isso.

Como eu gerencio minhas tarefas: Meu guia para iniciantes, Natália Rosin
foto cortesia de pixabay/StartupStockPhotos

Devo lembrar que essa é a minha rotina, muito inspirada no método do David Allen, Getting Things Done, e que fui adaptando e testando, até chegar ao que faço hoje. E pode ser que daqui a um tempo mude, algo novo apareça, ou minhas próprias necessidades evoluam. É bom sempre ter em mente que nada é tão padronizado que você tenha que seguir à risca. E muito do que funciona para uma pessoa pode não funcionar pra outra, mas quero compartilhar o que funciona pra mim.

“Não há regras, leis ou tradições que tenham aplicação universal… inclusive esta.” – Wayne W. Dyer

Continue lendo

Clareza só vem com ação

Eu sou o tipo de pessoa (em recuperação) que, se deixar, planeja, planeja, avalia, pesquisa, planeja, e no final das contas acaba ficando paralisada. Isso acaba me fazendo adiar muito do que eu quero fazer. Se eu não tomar cuidado, eu fico presa nesse ciclo e não parto pra ação tão cedo.

Clareza só vem com ação, Natália Rosin
foto cortesia de pixabay/splitshire

E sabe quando isso geralmente acontece? Quando eu não tenho muito claro o caminho que devo seguir.

Mas mesmo que você não seja uma pessoa de análise, você também pode se encontrar na mesma situação: onde você não coloca seus planos pra frente porque não sabe se é exatamente isso que você deveria fazer.

Continue lendo

3 Perguntas para Retomar a Motivação

Você deu os primeiros passos, começou a trabalhar a favor dos seus objetivos e está super feliz de finalmente estar em movimento naquele projeto que você acha que é tão importante pra você.

Só que aí, algo começa a acontecer…

3 perguntas para retomar a motivação, Natália Rosin
foto cortesia de white_ribbons

Você começa a se sentir desmotivado.

~fuén~

Durante o percurso, a gente esbarra em um monte de objeções, falta de foco, desmotivação e tudo mais. É difícil pra caramba se manter em velocidade constante na estrada.

Eu, por exemplo, preciso lidar com a desmotivação e “remotivação” o tempo todo. Tem momentos eu que eu estou cansada do ritmo do dia-a-dia, geralmente quando estou dormindo menos do que o meu normal. Tem outros momentos em que eu não estou vendo o resultado que esperava dos meus esforços. E aí eu acabo desanimando.

Isso acontece com você também?

Continue lendo

Porque as suas listas de tarefas não funcionam

Eu passei anos lutando com as minhas listas de tarefas, tentando fazer elas funcionarem, pra que eu pudesse me manter organizada e não me perder no acompanhamento das coisas que eu tinha pra fazer.

Porque as suas listas de tarefas não funcionam, Natália Rosin
foto cortesia de pixabay/SplitShire

Tentei anotar em folhas de papel em branco, em to-do lists fofinhas impressas em papel, em cadernos, testei aplicativos de computador, aplicativos de iPhone… ih, por aí vai… Cada hora uma nova forma de organizar minhas tarefas parecia promissora, até o momento em que deixava de ser.

Eu literalmente migrava de uma ferramenta pra outra a toda hora e nada resolvia o meu problema.

Alguém se identifica?

Continue lendo

E se eu te disser que sentir medo pode ser uma coisa boa?

E se eu te disser que você pode usar o medo a seu favor?

Parece loucura né? Nós não consideramos o medo o sentimento mais bem-vindo do mundo, e eu te dizer que sentir medo pode ser uma coisa boa e que você pode fazer uso dele parece meio nonsense.

Mas não é!

E se eu te disser que sentir medo pode ser uma coisa boa?, Natália Rosin
foto cortesia de unplash/mili_vigerova

Você já deve estar cansado de saber que o medo é uma reação involuntária, que é um estímulo que ativa a região de luta ou fuga do seu cérebro, e que é ele que torna possível que exista a raça humana até hoje (porque se não já teríamos sido devorados por leões ou caído de precipícios há muito tempo) e blá blá blá.

Continue lendo